O Adote Petz é um programa Petz

Cachorro abandonado: o que fazer ao encontrar um?

Por: Adote Petz | 04/08/2021

Cachorro abandonado: o que fazer ao encontrar um?

Todo apaixonado por pets sente um aperto no peito ao ver um cachorro abandonado e não é difícil entender por quê. Sem acesso garantido a recursos básicos, como água limpa, alimentação de qualidade e cuidados veterinários, eles estão mais sujeitos a apresentar certos problemas de saúde. 

cachorro abandonado

Além disso, eles também correm um risco maior de acidentes, como atropelamentos, o que contribui para reduzir a expectativa de vida desses pets. Mas o que fazer ao ver um cãozinho perambulando pela rua? É perigoso resgatá-lo? Depois do resgate, é possível levá-lo para que fique aos cuidados de uma ONG? 

A seguir, confira a resposta para algumas das dúvidas mais comuns sobre resgate de cães abandonados. 

Como se aproximar de um cão abandonado para resgatá-lo?

Embora em alguns casos o cachorro acabe nos seguindo naturalmente após um primeiro contato amistoso, Rafael Pires Barbosa, coordenador técnico da área de gestão de vidas da Petz, diz que a aproximação deve sempre ser feita com cautela, analisando-se caso a caso o comportamento do cão. 

Antes de se aproximar, é preciso observar se ele está com medo, machucado, doente ou em situação de risco. Muitas vezes, cães abandonados que estejam  amedrontados ou se sentindo ameaçados podem apresentar comportamento agressivo. Portanto, fique sempre atento para evitar acidentes envolvendo pessoas ou o próprio pet.

“Se necessário, peça ajuda para outras pessoas, diminuindo os riscos”, recomenda. Para facilitar o contato, ele recomenda usar um alimento atrativo, como pastas e sachês para cachorro, a fim de dar início à interação. “Nesse momento, é possível avaliar os itens citados anteriormente”, completa.

O que fazer após o resgate? Quais são os primeiros passos?

“Consegui resgatar um cachorro abandonado. O que fazer agora?” 

Após resgatar um cachorro da rua, o primeiro ímpeto de muita gente é levá-lo para tomar banho. Porém, de acordo com a equipe do programa Adote Petz, sempre que possível o melhor é levá-lo primeiro para uma avaliação veterinária. Após a consulta, o profissional poderá determinar se o pet está apto ou não a tomar banho.

O check-up veterinário é importante pois pets de rua podem apresentar uma série de doenças, algumas delas inclusive transmissíveis para seres humanos, como sarna sarcóptica, giardíase e fungos causadores de dermatofitose. 

Há ainda o risco de outras doenças que, apesar de não serem transmissíveis para seres humanos, podem passar para outros animais. Por isso, se você tem outro cãozinho em casa, procure mantê-los separados até obter um parecer veterinário. 

Vale lembrar que a introdução de um novo pet deve ser sempre feita de maneira gradual e planejada para evitar traumas e experiências negativas. Por isso, conte também com a ajuda de um médico veterinário para saber como cuidar de um cachorro abandonado corretamente, após o resgate.

 

É possível resgatar um cão abandonado para deixá-lo numa ONG?

Nem sempre o resgate de um pet se dá com o objetivo de adotar um novo companheiro. Nesse sentido, há quem recolha um cãozinho apenas com a intenção de garantir a ele cuidados veterinários, como quando vemos um cachorro com uma das patas quebradas, por exemplo. 

Ao contrário do que muitos acreditam, em geral não é possível ou recomendado levar o cachorro para que fique aos cuidados de uma ONG. Isso porque, na maior parte das vezes, elas já apresentam superlotação e não têm condições de receber outros animais, levando em conta limitações de espaço, financeira, etc. 

Como alternativa, uma dica é pedir ajuda para seus amigos e utilizar as redes sociais para tentar encontrar um novo lar para o pet resgatado. Vaquinhas virtuais também são úteis para obter ajuda na hora de arcar com custos.

Vale lembrar que, uma vez que você resgata um pet, ele passa a ser de sua responsabilidade. Logo, o abandono de cachorro é crime, sob pena de até cinco anos de detenção, de acordo com a Lei Federal 14.064.

Como denunciar o abandono de cães e gatos?

“Flagrei alguém abandonando um animal. Onde denunciar abandono de cachorro e gato?” 

Ao presenciar o abandono ou maus-tratos aos animais, procure registrar o ocorrido com a ajuda de filmagens ou fotos feitas com o celular. No caso de pets deixados por pessoas em veículos, também é importante anotar a placa do veículo.

Com esses dados em mãos, é possível fazer uma denúncia à polícia em canais como 190 (Polícia Militar) e 181 (Disque-Denúncia). O Estado de São Paulo conta, ainda, com uma Delegacia Eletrônica de Proteção aos Animais, na qual é possível denunciar e acompanhar o caso pela internet através do preenchimento de formulários.

Por fim, é importante lembrar que cães aparentemente abandonados podem ter se perdido ou fugido de casa por algum motivo, como ao tentar buscar abrigo devido ao barulho de rojões. Antes de levar o pet para casa ou colocá-lo para adoção, é importante certificar-se de que ele realmente não tem dono. Para isso, converse com vizinhos, comerciantes locais e outras pessoas da região.

Para mais informações sobre adoção de cachorro abandonado e afins, acompanhe no Adote Petz. Aqui, você confere conteúdos que te ajudarão a adotar um bichinho que foi abandonado ou, então, ajudá-los de outras formas. 

Compartilhe